3
Aladefe

Aladefe

ABRIL 2015 N° 2 Volumen 5

Critical process in creative education: nursing graduates perceptions

Section: Originals

How to quote

Da Fontoura Winters JR, Do Prado ML. Processo de formação crítico-criativo: percepção dos formandos de enfermagem. Rev. iberoam. Educ. investi. Enferm. 2015; 5(2):10-6.

Authors

1 Joanara Rozane Da Fontoura Winters, 2 Marta Lenise Do Prado

Position

1 Enfermeira, Mestre em enfermagem. Professora, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Membro do Grupo de Pesquisa Educação, Saúde e Eenfermagem (EDEN) Universidade Federal de Santa Catarina. 2 Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina. Membro EDEN, Universidade Federal de Santa Catarina.

Abstract

Introduction/purpose: this is a qualitative, descriptive, and exploratory investigation, based on the Paulo Freire theoretical referral. It is aimed at understanding the perceptions of undergraduate nursing students in a public university in Southern Brazil on their training process to build a critical and creative professional.
Methods: eleven last year undergraduate nursing students were enrolled. Dada collection was carried out during the first six-month term in 2012, by means of semi-structured individual interviews that were analyzed through contents analysis.
Results: the analysis resulted in the development of a category A training of a critical and creative professional, with the following subcategories: building of a transformation agent and search for knowledge.
Discussion: results suggest that nurse education is critical and creative, and that search for knowledge is important to transform the reality and critical for promoting the change in workplace. Such a search for knowledge leads to autonomy and makes the students the subject of their learning process; it also highlights the importance of research in their education.

Keywords:

Nursing education; creativity; nursing students

Versión en Español

Título:

Processo de formação crítico-criativo: percepção dos formandos de enfermagem

Artículo completo no disponible en este idioma / Full article is not available in this language

Bibliography

  1. Cerullo JASB, Cruz DAM. Raciocínio clínico e pensamento crítico. Rev Latino-Am Enfermagem 2010; 18(1):1-6.
  2. Waterkemper R. Formação crítica criativa em enfermagem: um estudo de caso da disciplina de fundamentos para o cuidado profissional de enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina [tese]. Florianópolis: Programa de Pós Graduação em Enfermagem, Universidade Federal de Santa Catarina; 2012.
  3. Brasil. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES n.º 3, de 07 de novembro de 2001: Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Brasília (DF): MS; 2001. [En línea] [fecha de acceso: 12 de marzo de 2015]. URL disponible en: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES03.pdf
  4. Freire P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 2010.
  5. Backes DS, Marinho M, Costenaro RS, Nunes S, Rupolo I. Repensando o ser enfermeiro docente na perspectiva do pensamento complexo. Rev Bras Enferm 2010; 63(3):421-426.
  6. Minayo MCS. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 29ª ed. Petrópolis: Vozes; 2010.
  7. Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; 2011.
  8. Freire P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 43ª ed. São Paulo: Paz e Terra; 2011.
  9. Waterkemper R, Prado ML. Estratégias do ensino-aprendizagem em cursos de graduação em enfermagem. Av Enferm 2011; 29(2):234-246.
  10. Brandão CR. O que é método Paulo Freire. São Paulo: Brasiliense; 1982.
  11. Freire P. À sombra desta mangueira. São Paulo: Olho d’Água; 2001.
  12. Silva APSS, Pedro ENR. Autonomia no processo de construção do conhecimento de alunos de enfermagem: o chat educacional como ferramenta de ensino Rev Latino-Am Enfermagem 2010; 18(2):210-216.
  13. Demo P. Pesquisa e construção do conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro; 2002.
  14. Moura ECC, Mesquita LFC. Estratégias de ensino-aprendizagem na percepção de graduandos de enfermagem. Rev Bras Enferm 2010; 63(5):793-798.