3
Aladefe

Aladefe

ENERO 2017 N° 1 Volumen 7

Fórum Latino-Americano de Editoração Cientifica em Enfermagem Edição 2016

Sección: Noticias

Autores

Isabel Amélia Costa Mendes, Carla Arena Ventura, Maria Helena Marziale

Mobilizar pesquisadores e, especialmente, lideranças da editoração de periódicos científicos de enfermagem em prol da qualidade da comunicação científica foi a meta do Fórum Latino-Americano de Editoração Científica em Enfermagem, que conseguiu atingir os objetivos: reunir editores de periódicos de enfermagem e interessados na temática para discutir sobre estado da arte, políticas, desafios e estratégias em busca contínua da excelência em editoração, todos interessados em fortalecer a editoração cientifica na Enfermagem da América Latina e em incentivar o desenvolvimento de competências em editoração para uma gestão do conhecimento e para a qualificação da difusão cientifica nesta área.

Sob a responsabilidade e iniciativa do GEPECOPEn, com parceria do GEPESADES, e o apoio da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e de seu Centro Colaborador da OMS para o desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem, o evento contou com 97 participantes, oriundos de 8 países (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Estados Unidos da América e Espanha, Cuba). Estiveram presentes representantes de 13 estados e de 29 municípios brasileiros (Bahia, Brasília, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

A riqueza do temário abordado e discutido, somado à variedade e expertise de Editores de 26 periódicos, bem como de pesquisadores experientes e em formação deram o alto tom do evento.
A programação desenvolvida contou com 27 palestrantes, na abertura e contextualização do evento houve a conferência ministrada por representante da Bireme sobre “Qualidade da publicação científica da enfermagem e perspectivas de avanços”.

Após sessão de “Periódicos em exposição: aproximando editores e autores”, houve uma sequência de três mesas-redondas: Experiências de gestão editorial e perspectivas de impacto da publicação, Gestão editorial da enfermagem brasileira: lições aprendidas, Em busca de superação de desafios na gestão de periódicos na Enfermagem Brasileira.

Realizou-se também, no primeiro dia, a reunião anual da Rede IberoAmericana de Editoração Cientifica em Enfermagem (RedEDIT).

No segundo dia foram desenvolvidas conferências, conforme programado: “Indicadores cienciométricos de repercussão internacional da produção de enfermagem”, seguida por “Indicadores sociais de publicação científica”.

A mesa redonda “Gestão editorial de periódicos de enfermagem na América Latina: a evolução conquistada” trouxe a experiência do Chile e da Colômbia e na sequência os participantes foram brindados com a conferência: “Estratégias da PAHO para dinamizar o conhecimento científico na região das Américas”.

O tema “Classificação de Periódicos: critérios da área de Enfermagem na CAPES” foi seguido por considerações sobre fomento do CNPq a publicações científicas, através de representantes da área nos dois órgãos brasileiros.

A sessão “Voz dos autores de A voz dos editores” convergiu para a Assembleia de Editores, que teve a finalidade de deliberar sobre proposta de Declaração Ribeirão Preto Editoração em Enfermagem. Esta declaração foi aprovada por todos os presentes e constará no site de todas as revistas integrantes da RedEDIT, bem como do site da RedEDIT. Deliberou-se também que cada um dos periódicos terá o em seu site e em suas páginas de Facebook e Twiter um link para a RedEdit: http://www.braziliannursing.com.br/rededit/

A programação completa, com dados dos conferencistas, encontra-se no site próprio evento em http://www.braziliannursing.com.br/editoracaocientifica/ que abrigará arquivos em pdf de todas as palestras do evento, conteúdo cedido pelos autores, que será mantida em acesso aberto.