3
Aladefe

Aladefe

JULIO 2015 N° 3 Volumen 5

Challenges found by nursing students in management practice in a family healthcare unit in Maceió town: an experiential report

Section: Originals

How to quote

De Melo Bezerra MV, Ferreira Matias J, Alves Martins CM, da Hora Sales ML, 5 Gomes de Souza Maciel MP. Desafios encontrados por estudantes de enfermagem na prática gerencial em uma unidade de saúde da família no município de maceió: um relato de experiencia. Rev. iberoam. Educ. investi. Enferm. 2015; 5(3):36-41.

Authors

1 Morgana Valesca de Melo Bezerra, 2 Jozimar Ferreira Matias, 3 Cristiane Maria Alves Martins, 4 Maria Lucelia da Hora Sales, 5 Maria da Piedade Gomes de Souza Maciel

Position

1 Graduanda do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL). Maceió, Alagoas, Brasil. 2 Graduando do Curso de Enfermagem da UNCISAL. 3 Enfermeira. Mestre em Saúde Pública. Docente da UNCISAL). 4 Enfermeira. Doutoranda em Ciências. Docente do Curso de Enfermagem da UNCISAL. 5 Enfermeira. Mestranda em Ensino na Saúde. Docente UNCISAL

Contact email: morgana.valesca@hotmail.com

Abstract

Purpose: To report nursing students experience on challenges found by nurses in management practice in a Family Healthcare Unit (FHU).
Results: FHU nurses were found to cope with a number of challenges in management practice, including lack of communication with other people in the team, rights not being recognized for each professional team, lack of integration in a multidisciplinary team, and lack of professional education in management practice.
Discussion: The present experience allowed nursing students to recognize, during their learning process, the importance of management practice in nursing role, particularly regarding family health, involving both managerial and caring activities.
Conclusion: The present study allowed nursing students’ experiences to be evaluated regarding family nursing strategies and factors resulting in interferences with management practice. Such a method allowed the importance of management elements in their professional tasks to be emphasized.

Keywords:

management; family health strategy; students

Versión en Español

Título:

Desafios encontrados por estudantes de enfermagem na prática gerencial em uma unidade de saúde da família no município de maceió: um relato de experiência

Artículo completo no disponible en este idioma / Full article is not available in this language

Bibliography

1.    Lei nº 8080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília: República Federativa do Brasil; 1990.
2.    Magalhães RV. Os desafios da prática do enfermeiro inserido no programa de saúde da família [[Internet]. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais; 2010. [acesso 27 abril 2015]. Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/2416.pdf
3.    Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília; 2012.
4.    Souza MG, Mandu ENT, Elias AN. Percepções de enfermeiros sobre seu trabalho na estratégia saúde da família. Texto Contexto Enferm 2013; 22(3):772-9.
5.    Brondani JR DA, Heck RM, Ceolin T, Viegas CRS. Atividades gerenciais do enfermeiro na Estratégia de Saúde da Família. Revista de Enfermagem da UFSM 2011; 1(1):41-50.
6.    Benito GAV,Becker LC, Duarte Jefferson. Conhecimento gerencial requerido do enfermeiro no Programa de Saúde da Família. Rev Bras Enferm 2005; 58(6):635-40.
7.    Oliveira FEL, Fernandes SCA, Oliveira LL, Queiroz JC, Azevedo VRC. A gerência do enfermeiro na estratégia de saúde da família. Rev Rene 2012; 13 (4):834-44.
8.    Brasil. Resolução nº 3, de 7 de novembro de 2001. Dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Enfermagem. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília: República Federativa do Brasil; 2001.
9.    Remel RC, Fracolli LA. O trabalho das enfermeiras no Programa de Saúde da Família em Marília/SP. Rev Esc Enferm USP 2006; 40(4):533-9.
10.    Uncisal, Coordenação do Curso de Enfermagem. Projeto pedagógico do Curso de Bacharelado em Enfermagem. Maceió; 2010. p.149.
11.    Teles JM, Bonilha ALL. Observação de coleta de dados na área de enfermagem obstétrica: um relato de experiência. Rev Enferm UFSM 2012; 2(1):198-204.
12.    Santos JLG, Prochnow AG, Silva DC, Cassettari SSR, Guerra ST, Erdmann AL. managerial communication in hospital nursing: obstacles and how to overcome them.Online braz j nurs 2012 ago; 11(2):392-407.
13.    Pereira RCA, Rivera FJU, Artmann E. O trabalho multiprofissional na estratégia saúde da família: estudo sobre modalidades de equipes. Interface 2013; 17(45):327-40.
14.    Junqueira SR. Competências profissionais na estratégia de saúde da família e o trabalho em equipe. São Paulo: UnaSUS/UNIFESP; 2010. p. 93-120. [acceso 25 may 2015]. Disponível em: http://www.unasus.unifesp.br/biblioteca_virtual/esf/1/modulo_politico_gestor/Unidade_9.pdf
15.    Villas BLMFM, Araújo MBS, Timóteo RP S. A prática gerencial do enfermeiro no PSF na perspectiva da sua ação pedagógica educativa: uma breve reflexão. Ciênc saúde coletiva 2008; 13(4):1355-60.
16.    Kell MCG, Shimizu HE. Existe trabalho em equipe no Programa Saúde da Família? Ciênc saúde coletiva 2010; 15(1):1533-41.
17.    Melo FAB, Goulart BF, Tavares DMS. Gerência em saúde: a percepção de coordenadores da estratégia saúde da família, em Uberaba-MG. Ciência Cuidado Saúde 2011; 10(3):498-505.
18.    Fernandes MC, Barros AS, Silva LMS, Nóbrega MFB, Silva MRF, Torres RAM. Análise da atuação do enfermeiro na gerência de unidades básicas de saúde. Rev bras enferm 2010 fev; 63(1):11-15.