3
Aladefe

Aladefe

ABRIL 2017 N° 2 Volumen 7

Impact of a new educational intervention on renal disease understanding in a high risk population

Section: Originals

How to quote

Menezes AF, Fontes ML, Correira MC, Santos DO, Andrade ICC, Dos Santos AD. Impacto de uma intervenção educativa no conhecimento da população de risco sobre a doença renal. Rev. iberoam. Educ. investi. Enferm. 2017; 7(2):13-20.

Authors

1 Andreia Freire de Menezes, 2 Mírzia Lisboa Fontes, 2 Malena de Carvalho Correia, 3 Drielli de Oliveira Santos, 4 Lully Crislaine Cunha Andrade, 5 Allan Dantas dos Santos

Position

1 Enfermeira. Doutoranda em Ciências da Saúde/UFS. Mestre em Ciências da Saúde Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Aracaju, Sergipe, Brasil. 2 Enfermeira, Lagarto, Sergipe-Brasil. 3 Nutricionista Lagarto, Sergipe-Brasil. 4 Graduanda em enfermagem Lagarto,Sergipe-Brasil5 Enfermeiro. Doutorando em Ciências da Saúde/UFS. Mestre em Biologia Parasitária Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Contact email: deiamenezes1@hotmail.com

Abstract

Introduction: we aimed at assessing the impact of an educational intervention on the knowledge of a population with a high risk for chronic kidney disease.
Methods: this is an OXO type, non-randomized, pre-experimental study, based on a pre- post-intervention observation, that was carried out to implement diffusion actions related to the educational extension project "¿Los riñones son así? La prevención y el diagnóstico precoz de la enfermedad renal" (“How can kidneys be understood? Prevention and early diagnosis of kidney disease"). The survey included four steps:1st, clinical and nutritional assessment; 2nd, a pre-test to assess knowledge of people on kidney disease; 3rd, educational intervention; and 4th a post-test to assess acquired knowledge. All statistical analyses were performed with BioEstat software (version 5.0).
Results: fifty-one participants were includes; 88.2% were women; most participants (37.3%) were 60-years old or older; 70.6% had high blood pressure; 17.6% diabetes, 94.11% overweight. A significant improvement in knowledge after the intervention was found.
Conclusion: this educational intervention has proved very effective, as seen in knowledge acquisition by participants in post-test.

Keywords:

chronic renal insufficiency; health education; risk factors

Versión en Español

Título:

Impacto de uma intervenção educativa no conhecimento da população de risco sobre a doença renal

Artículo completo no disponible en este idioma / Full article is not available in this language

Bibliography

  1. Sociedade Brasileira de Nefrologia. Insuficiência renal. São Paulo. [Internet]. 2015 [accesso em 15 fev 2017]. Disponível em: http://www.sbn.org.br/publico/insuficiencia-renal
  2. Oliveira JHM de, Formiga FFC, Alexandre C da S. Clinical and epidemiological profile of chronic hemodialysis patients in João Pessoa - PB. J. Bras. Nefrol. [Internet]. 2014 Sep [cited 15 feb 2017]; 36(3):367-74. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002014000300367&lng=en
  3. Smeltezer SC, Bare BG, Hinkle JL, Cheever KH. Brunner&Suddarth: Tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 12ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2011.
  4. Sesso RC, Lopes AA, Thomé FS, Lugon JR, Watanabe Y, Santos DR. Relatório do censo brasileiro de diálise crônica 2012. J BrasNefrol. 2014 jan/fev/mar; 36(1):48-53.
  5. Sociedade Brasileira de Nefrologia. Censo da Diálise SBN [Internet]. 2013 [citou 15 fev 2017]. Disponível em: http://sbn.org.br/pdf/censo_2013-14-05.pdf
  6. Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Prevenção da doença, reembolso digno da hemodiálise e diálise peritoneal, expansão da diálise peritoneal e número de transplantes renais. [Internet] 2016 [citou 15 fev 2017]. Disponível em: http://www.sbn.org.br/publico/prevencao
  7. Junqueira, ACP. Informação e prevenção à doença renal: uma avaliação de mérito de campanha de saúde [dissertação]. Rio de Janeiro: Fundação Cesgranrio; 2013.
  8. World Health Organization. Action Plan for the Global Strategy for the Prevention and Control of Noncommunicable Diseases, 2008-2013 [Internet]. 2008 [citou 15 fev 2017]. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/44009/1/9789241597418_eng.pdf
  9. Roxo NE, Barata RC. Relação Diádica e Qualidade de Vida de Pacientes com Doença Renal Crônica. J. Bras. Nefrol. [Internet]. 2015 Sept [citou 15 fev 2017]; 37(3):315-22. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002015000300315&lng=en
  10. Pacheco GS, Santos I, Bregman R. Clientes com doença renal crônica: avaliação de enfermagem sobre a competência para o autocuidado. Esc Anna Nery. Rev enferm. 2007; 11(1):44-51.
  11. Valezi AC, Machado VHS. Emagrecimento e desempenho cardíaco. ABCD Arq Bras Cir Dig. 2011; 24(2):131-5.
  12.  Alves AB, Bastos DP, Silva DA. Avaliação da comorbidade entre hipertensão arterial sistêmica e insuficiência renal. Acta Biomedica Brasiliensia. 2014; 5(2).
  13. Tschiedel B. Complicações crônicas do diabetes. JBM. 2014; 102(5).
  14. DeSouza S, Fernando de; Simpson CA. Contextual aspects of kidney transplantation and behavior of patients face to replacement therapy. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online. 2014; 6(5):71-80.
  15. Ribeiro CDS, Alencar CSM, Feitosa MCD, Mesquita MASB. Percepção do portador de doença renal crônica sobre o tratamento hemodialítico. Revista Interdisciplinar. jul-ago. 2013; 6(3):36-44.
  16. SBN- Sociedade Brasileira de Nefrología (Internet). 2014. Disponível em: www.sbn.org
  17. V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial. Arq. Bras. Cardiol. [serial Internet]. 2007 Sep [citou 15 fev 2017]; 89(3):e24-e79. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2007001500012
  18. Ceolin J, De Biase LS. Conhecimento dos diabéticos a respeito da doença e da realização do autocuidado. Perspectiva Erechim. 2011; 35(129):143-56.
  19. Santos RLG, Oliveira DRF, Nunes MGS, Barbosa RMP, Gouveia VA. Avaliação do conhecimento do paciente renal crônico em tratamento conservador sobre modalidades dialíticas. Rev Enferm UFPE online. 2015; 9(2):651-60.
  20. Silva KS, Lopes AS, Vasques DG, Costa FF, Silva RCR. Simultaneidade dos fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis em adolescentes: prevalência e fatores associados. Rev Paul Pediatr. 2012; 30(3):338-45.
  21. Almeida MIC. Perfil dos pacientes renais crônicos de um hospital público da Bahia. Rev. Enf. Contemp. 2013; 2(1):157-68.
  22. Oliveira TFM, Santos NO, Lobo RCMM, Pinto KO, Barboza SA, Lucia MCS. Perfil sociodemográfico, eventos de vida e características afetivas de pacientes com insuficiência renal crônica em tratamento por hemodialise e diálise peritoneal: Um estudo crítico. Psicol inf., São Paulo 2008; 12(12).
  23. Freitas PS, Zimmerman MH, Almeida EA, Gonçalves CS. Educação na prevenção da insuficiência renal crônica: olhar da equipe de saúde. 4º Congresso Internacional de Educação, Pesquisa e Gestão; 2012.
  24. Sesso R, Rodrigues-Neto JF, Ferraz MB. Impact of socioeconomic status on the quality of life of ESRD patients. Am J Kidney Dis. 2003; 41:186-95.